top of page
  • Foto do escritorABL

ABL vai empossar nova diretoria no sábado


A Academia Barreirense de Letras promove no próximo sábado (24) a posse da nova diretoria com um evento solene no Centro Cultural Rivelino Silva de Carvalho a partir das 19h30. Em seguida acontece um sarau de confraternização na sede da entidade.

 

Criada para valorizar a produção literária local, a entidade tem 18 anos de história, com participação ativa em eventos como a Festa Literária Internacional de Barreiras (Flib) que este ano terá sua 7ª edição entre 23 e 25 de maio.

 



Eleita para o biênio 2024/2025 com o lema ‘Literatura: esperançar e aprender’ a chapa foi a única inscrita na eleição realizada dia 08 de dezembro do ano passado, conservando uma tradição de unidade na instituição.

 

A nova diretoria é liderada pelos professores universitários e escritores Marilde Queiroz Guedes e Théo de Araújo Santos, como presidente e vice, respectivamente. Ambos se propõem, junto com os demais membros da diretoria e associados da academia, a dar continuidade aos projetos já desenvolvidos e agregar novas propostas à programação da entidade.

 


Para Marilde Queiroz “a alternância de poder nas instituições sociais é um processo vital para a democracia. Assumir a presidência da ABL com o compromisso de torná-la fortemente democrática, inclusiva e diversa social e culturalmente é um desafio que a nova diretoria assume”.

 

Ela conclamou os membros da ABL “e toda sociedade barreirense para, juntos, construirmos um novo capítulo  da história dessa Academia, que tem a função precípua de zelar e cuidar da língua e literatura nacional. Vamos, de mãos dadas!”, enfatizou.

 

Com Guedes e Santos chegam as educadoras e escritoras Adilma Vilela e Tina Laura, que passarão a ocupar os cargos de 1ª secretária e 2ª secretária. Para a tesouraria tomarão posse os escritores Franco Porto e Robson Batista, como titular e suplente.

 

O Conselho Fiscal que assume com a nova diretoria tem como membros efetivos os escritores Celso Almeida de Lacerda, Thiago Ribeiro Rafagnin e Valney Dias Rigonato, sendo suplentes Miriam Hermes  e Raimundo Augusto Corado.

 

Rigonato e Hermes vão entregar os cargos de presidente e vice da instituição, onde permaneceram nos últimos quatro anos. “Enfrentamos dois desafios grandes. O primeiro foi a Covid-19. O segundo foi abrir a sede da ABL com pouco recurso e apoio”, disse ele, acrescentando que “a união do grupo de escritores e a contribuição de parceiros e entusiastas da literatura e da cultura em Barreiras nos potencializou a realizar um trabalho significativo para a sociedade barreirense”.

 


Conforme Rigonato, o empenho do grupo vem valorizando e engajando os membros escritores, com reflexo positivo também na comunidade. “Percebe-se que os jovens passaram a respirar mais literatura. A prática dos saraus se tornou uma cultura mais desenvolvida pelos jovens da nossa cidade e região”, pontuou, salientando que através de diversos projetos a entidade apoia e tem parceria também com outros grupos e modalidades artísticas e culturais, como música e artes plásticas.

 

O sarau de confraternização deve movimentar a Casa da ABL depois do evento formal e será abrilhantado com poesias e músicas apresentadas pelos membros e seus convidados. A confraternização terá ainda uma exposição de telas produzidas pelos alunos do curso de desenho artístico ‘Do traço à tela’, desenvolvido desde 2023 no espaço da academia, por iniciativa do membro da entidade, multiartista Inácio Cordeiro Filho, e coordenação do artista plástico Igor Belchior.

82 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page