top of page

Escola trabalha obras de Franco Porto


Durante a 1ª Feira do Conhecimento ‘Pelos Caminhos do Cerrado do Oeste Baiano’, da Escola Municipal Alyvando Ligouri da Luz II, os estudantes do 5º ano encerraram um trabalho desenvolvido nos últimos meses, com base em três livros do membro da Academia Barreirense de Letras (ABL), Franco Porto.


As obras trabalhadas foram:‘Ipê, uma árvore casca grossa’, ‘Gosto muito de te ver, Oleozinho!’ e ‘O bloco de notas que virou livro’. No último, ele divide a autoria com sua esposa, Ariadne Godinho.

“Inspirado num dos livros que faz abordagem sobre a reciclagem de óleo, fizemos uma campanha para arrecadar óleo de cozinha usado. A comunidade escolar abraçou a proposta e foi possível entregar aos visitantes o sabão feito com o óleo doado”, afirmou a professora Ananda Lima, também escritora e membro da ABL.


Ela destacou que as obras permitiram “reflexões e estudos relevantes quanto às questões ambientais. As crianças têm uma relação afetiva com o autor e personagens. Além de alimentar a criatividade e o lúdico, os livros informam e conscientizam para práticas socioambientais”, enfatizou, animada com os resultados.

28 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page