top of page

"Pedagogia dos Sonhos Possíveis": ABL realiza último círculo de leitura do ano

O terceiro e último Círculo de Leitura do Projeto de Extensão Princípios Pedagógicos Freireanos: possibilidades de formação, em execução durante o ano de 2023, acontece na próxima quinta-feira (26), a partir das 19h30, no canal do YouTube da Academia Barreirense de Letras (ABL).

A obra ‘Pedagogia dos Sonhos Possíveis’ (2015), foi organizada por Ana Freire (Nita), mulher de Paulo Freire, com textos do autor. Segundo Nita, sua intenção foi “de perenizar o seu existenciar-se profundamente marcado por uma preocupação ético-político-antropológica pelos seres humanos, indistintamente”.


No terceiro ano do projeto com coordenação da professora, pós-doutora em Educação Marilde Guedes, a ABL é instituição promotora com parceria da Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob), Instituto Federal da Bahia (Ifba/Barreiras), Universidade Estadual da Bahia (Uneb) e do Observatório do PNE no Território Bacia do Rio Grande.


Participam como expositoras a Assistente Social do IfBaiano/Campus Sta. Inês, doutoranda Nívia Barreto dos Anjos e a professora, mestra em Educação, Maria de Fátima Sudré de Andrade Bastos da Uneb/Campus de Seabra. A mediação será de Marilde Guedes, que também é escritora e membro da academia de letras de Barreiras.




Para ela, “após trabalharmos com ‘Pedagogia do Oprimido e Pedagogia da Autonomia’, (dois livros de Freire), não haveria obra mais providencial para concluirmos esse ciclo, que ‘Pedagogia dos Sonhos Possíveis’, justamente, em um período que muitas nações vivem sob os horrores das guerras, do terrorismo, do medo, da insegurança, dos desastres ecológicos, da falta de utopias, da desesperança”.

Guedes destacou ainda “que o pensamento freireano, ensopado de humanidade e comprometido com os esfarrapados do mundo, nos ilumine a criarmos possibilidades de vida mais esperançosas e não determinismos que inviabilizam os sonhos e o direito à própria vida”, enfatizou.

Para concluir ela citou um pensamento de Freire (1992). “Sonhar não é apenas um ato político necessário, mas também uma conotação da forma histórico-social de estar sendo de mulheres e homens. Faz parte da natureza humana que, dentro da história, se acha em permanente processo de tornar-se... Não há mudança sem sonho como não há sonho sem esperança”.

Para participar acesse aqui:



83 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page