top of page

Théo Araújo fala de literatura negra na Marcos Freire


Membro da Academia Barreirense de Letras (ABL), o professor e multiartista Théo de Araújo Santos participou da Semana da Consciência Negra promovida pela Escola Democrática Estadual Marcos Freire, para falar sobre o método de escrita de contos.


Convidado pelo professor e interprete de Libras, Pedro Gomes, o bate papo sobre a valorização da cultura negra envolveu estudantes do ensino médio, do turno matutino da unidade escolar, que desenvolveu uma extensa e variada programação para aprofundar o debate acerca do assunto.


“Eu falei sobre a temática que escrevo nos contos: as religiões de matriz africana e suas manifestações”, disse Théo Araújo, acrescentando que fez uma apresentação do conto "A Gameleira de Iroco", de sua autoria.


A obra aborda temas como o racismo ambiental e o racismo religioso e está presente na coletânea ‘Contos dos Cerrados’. Lançado em maio com o selo da ABL e organização de Ananda Lima e Valney Rigonato, o livro tem a participação de 31 autores da região.




28 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page