top of page

Zeca vence concurso de cordel na FLIFS


Membro da Academia Barreirense de Letras (ABL) o cordelista José Pereira dos Anjos (Zeca Pereira) conquistou o primeiro lugar no 2º Concurso de Literatura de Cordel da Uefs, dentro da programação da 15ª Feira do Livro/Festival Literário e Cultural de Feira de Santana (Flifs). Com 45 anos, ele alia a arte do poeta com o trabalho de editor, empresário e âncora de programa musical na Nova FM, em Barreiras, com um trabalho consolidad


o na divulgação deste gênero literário em todo Brasil. Na sua primeira participação no concurso e no festival de Feira de Santana, obteve a melhor colocação entre 107 inscritos de diversas regiões do país, com a obra ‘O protesto dos animais’.

O tema deste certame foi ‘Zoordel: animais em extinção, a fauna ameaçada pede preservação’. Dentre as regras exigidas estavam o ineditismo do trabalho, o mínimo de 24 estrofes, em sextilhas ou septilhas rimadas e ritmadas. O terceiro lugar do


concurso também veio para o oeste da Bahia através do cordelista Ulisses Ângelo de Santana, de Ibotirama, com o cordel ‘O julgamento’. A competição foi organizada pela Rede de Museus (Remus/Uefs), em parceria com o


Museu de Zoologia, da Casa do Sertão, do Programa de Pós-Graduação em Estudos Literários e da Pró-Reitoria de Extensão, com participação da UEFS Editora. Com mais de 20 anos dedicados a este gênero literário, ele é natural da comunidade Ilha do Vitor, ribeirinho do rio Grande, em São Desidério. Em Barreiras desde cr

iança, sempre morou na Vila Brasil, onde estudou em escolas públicas até o ensino médio. Foi lá também que manteve seus primeiros contatos com o cordel ainda na adolescência. Quando leu, através de livretos emprestados e conheceu o cordelista Valdivino Sodré, despertando naqueles anos de descobertas um autor criativo e combativo. Em 2002 lançou seu primeiro livreto com o primeiro cordel: ‘Os lamentos de um ancião no asilo’. Viajou pelo Brasil durante anos formando uma rede de cordelistas, que já tem uma série de coletâneas publicadas.

É micro empreendedor individual, proprietário da Nordestina Editora. Focada no início apenas na produção em formato dos cordéis tradicionais, atualmente a micro empresa tem diversos livros lançados, alguns ainda na temática do cordel, mas também em outros gêneros literários.










45 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page