top of page

ABL lança grupo de leituras e conversas sobre Negritude

Atualizado: 6 de nov. de 2022


O Grupo de Estudos Afrocentrados da Academia Barreirense de Letras (GEA/ABL) está recebendo inscrições e começa as atividades práticas a partir do próximo sábado, 08 de outubro. Os encontros acontecerão das 17h às 18h, na sede da entidade, Rua Ruy Barbosa, em frente do Coreto no Centro Histórico.

A proposta é valorizar a Negritude a partir de leituras de livros, apresentação de filmes, documentários e o diálogo com a comunidade, afirmou o escritor e membro da ABL, Théo de Araújo Santos. Ele está coordenando o projeto, “que deve contar com pessoas de diversos ramos da sociedade, interessadas em questões relacionadas com a valorização do negro na sociedade brasileira”, pontuou.

Professor da UFOB, ele disse que a ideia nasceu de conversas com a professora de Ballet - Bianca Mariá. Também destacou outras influências que teve ao longo da vida e citou a esposa Carla Fiaes, “estou sempre aprendendo com ela”, enfatizou.

Com obras publicadas no gênero de poesia e infantil, citou que alguns escritores negros que terão livros trabalhados são Milton Santos, Lélia Gonzales, Neusa Santos, Grada Kilomba, Sílvio Almeida, Arivaldo Sacramento, Djamila Ribeiro, Carla Akotirene, Nei Lopes, Itamar Vieira, Ana Maria Gonçalves, Conceição Evaristo, Carolina de Jesus, Sueli Carneiro, dentre outros.

Ainda de acordo com Santos, um dos objetivos da ação é colocar os participantes em contato com textos que tratem da negritude, com a expectativa de formar um grupo de pessoas conscientes das questões raciais em Barreiras.

Para participar, o interessado deve preencher um formulário que busca coletar informações dos cidadãos para o contato e atualizações das ações do grupo. O acesso se dá pelo link disponibilizado aqui.


52 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page